A Terapia por Contensão Induzida (TCI) é uma técnica de reabilitação criada por Edward Taub nos EUA, desenvolvida para aumentar o uso do membro superior acometido de pacientes com hemiparesia. Inicialmente utilizada em pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC). Atualmente, a TCI também é utilizada em crianças com Paralisia Cerebral (PC) e outras patologias do sistema nervoso central.

A técnica engloba atividades de vida diária e mudanças de hábitos em pacientes com hemiparesia e tem como objetivo aumentar a frequência do uso e a qualidade do movimento do membro superior mais acometido que buscam a mudança de comportamento do paciente para a adesão dos ganhos obtidos na clínica para ambiente real.

A Terapia por Contensão Induzida (TCI) é baseada em: O treino repetitivo orientado à tarefa intensivo; Conjunto de métodos comportamentais (Shaping); Pacote de Transferência; Restrição do membro superior não acometido com gesso, removível em crianças.